segunda-feira, 28 de julho de 2008

Poesia de açucar

Adélia para os dias de pele doce
como hoje.
Ei voce! psiu!
sim, voce.
Quer lamber?

Um comentário:

Cecília Borges disse...

sutil, como são algumas poesias de Adélia.
Bj!